Com Agulhas

Eu gosto de escrever, de inventar uns diálogos loucos em jantares imaginários. Eu gosto de roupas, invento uns modelos e luto pra dar as luzes, partos difíceis esses, idéias. Gosto de comprar roupas e sapatos, futilidades não, estilo próprio; não sou uma fashion victim - a vida é demasiado curta pra rótulos e embalagens estragadas. Eu gosto de café, de canecas e de planos de casamento. Gosto de mim, contudo e com tudo.

Com Canetas

Eu tenho um dois à esquerda na idade, mas não acho que sou tão velha. Chamo minha gata de nenê e dou apelidos adoráveis ao meu namorado. Eu tricoto porque me acalma, produzindo, me agradam as cores das lãs. Eu amo porque não vivo no gris, amor vivo, amo pessoas e filmes e livros e bichos. Eu tenho o Heitor, já me basta de tanto amor. Eu adoro a língua francesa, adoro as idéias parisienses e as boinas e os cafés.

Olá...

Olá, quaisquer pessoas que resolvam ler as sandices dessa Iarima!
Por enquanto tenho certa preguiça de escrever, mas vou tentar não entediá-los... E, caso se entediem, o problema não é realmente meu. Farei o que estiver ao meu alcance para ter um estilo conciso, divertido e massageador de cérebros.
Não esperem grandes coisas, não sou grandiosa. Falarei sobre o que me der vontade, assim espero ser entretenimento de fim de tarde. Tentarei não explorar demasiadamente os assuntos a perigo de esgotá-los (a vocês, hipotéticos leitores de ocasião, e também aos assuntos) e não ter mais repertório nem público.
Sem mais, me despeço. Tenho mais coisas a fazer, as quais não incluem passar horas na frente de um computador.
Até a próxima...

3 Moedas no Cofrinho:

  1. nize disse...
     

    Tu pensas que não és grandiosa!
    Tu és maravilhosamente desprentensiosa.
    É uma qualidade que poucos possuem verdadeiramente.
    Nunca serás intediante.

  2. Moisés Corrêa disse...
     

    Intediante! Parabens pelo elogio! hahahahaha

    Amo vc

  3. Victor Albaini disse...
     

    Entediante*

    :x

Postar um comentário