Com Agulhas

Eu gosto de escrever, de inventar uns diálogos loucos em jantares imaginários. Eu gosto de roupas, invento uns modelos e luto pra dar as luzes, partos difíceis esses, idéias. Gosto de comprar roupas e sapatos, futilidades não, estilo próprio; não sou uma fashion victim - a vida é demasiado curta pra rótulos e embalagens estragadas. Eu gosto de café, de canecas e de planos de casamento. Gosto de mim, contudo e com tudo.

Com Canetas

Eu tenho um dois à esquerda na idade, mas não acho que sou tão velha. Chamo minha gata de nenê e dou apelidos adoráveis ao meu namorado. Eu tricoto porque me acalma, produzindo, me agradam as cores das lãs. Eu amo porque não vivo no gris, amor vivo, amo pessoas e filmes e livros e bichos. Eu tenho o Heitor, já me basta de tanto amor. Eu adoro a língua francesa, adoro as idéias parisienses e as boinas e os cafés.

Não é um conto :P

É só pra dizer que eu escrevo outras coisas, que meus personagens não são totalmente malucos, que nem todos acabam mortos e que eu não sou uma psicopata.

E eu estou bem cansada...

Vou dormir, mas antes deixo-lhes com a Katie ^^



Beijos a todos, e coisas...

=**

3 Moedas no Cofrinho:

  1. Cris Andersen disse...
     

    Ahhhh
    eu acho que tu é psicopata sim
    oras

    aeaeiuaheiuaheia

    ^^

    E eu também estou cansada. E como.
    =~~

  2. Ingridesigner disse...
     

    Gostei do teu blog.

    Como temos amigos em comum e também nos conhecemos, porque não nos falarmos, mantermos contato, dividirmos conhecimento.

    Ha, também amo Piaf.

    Linkei teu blog no meu.

    Bjos!

  3. Moisés Corrêa disse...
     

    Meu! This my face, e esta cheia de sardas!!

    Pq sera que eu acho que tu te identifica com essa musica? Acordar de manha, ver o rosto... a pele, a casa, a vida! Oh oh!!!
    hehehe

    E ateh q ela parece contigo...

    Amo-te, por seres tao completamente e incompreensivemente profunda.

Postar um comentário