Com Agulhas

Eu gosto de escrever, de inventar uns diálogos loucos em jantares imaginários. Eu gosto de roupas, invento uns modelos e luto pra dar as luzes, partos difíceis esses, idéias. Gosto de comprar roupas e sapatos, futilidades não, estilo próprio; não sou uma fashion victim - a vida é demasiado curta pra rótulos e embalagens estragadas. Eu gosto de café, de canecas e de planos de casamento. Gosto de mim, contudo e com tudo.

Com Canetas

Eu tenho um dois à esquerda na idade, mas não acho que sou tão velha. Chamo minha gata de nenê e dou apelidos adoráveis ao meu namorado. Eu tricoto porque me acalma, produzindo, me agradam as cores das lãs. Eu amo porque não vivo no gris, amor vivo, amo pessoas e filmes e livros e bichos. Eu tenho o Heitor, já me basta de tanto amor. Eu adoro a língua francesa, adoro as idéias parisienses e as boinas e os cafés.

Heitor, Feliz Dia dos Namorados

video

E hoje é o fatídico Dia dos Namorados. Pra nós dois, Heitor, nem é uma data especial. Afinal, nunca a passamos juntos. Isso importa pra mim, mas só por causa da pressão do mundo inteiro (quer dizer, do Brasil inteiro) nessas semanas que antecedem o tal dia. Corações em todos os lados, propagandas apelativas, matérias em revistas e jornais e coisas do tipo. Não tenho como não desejar estar perto de ti nessa época – não que eu não queira isso o ano todo - , com as ostentações públicas de afeto pulsando na minha cabeça.

Tenho inveja dos casais que podem estar juntos todos os dias, sei que tu também tens. Mas temos que lidar com essas coisas, sabemos de quanto nos amamos e há quanto tempo estamos juntos.

Não sabia como expressar meus sentimentos de um jeito diferente, mas não preciso ser original nessas horas. Como flores sempre são um bom presente eu acho, né???, declarações piegas e melosas são o presente perfeito pra quem se ama e fica longe tanto tempo.

Preciso dizer, sempre, que te amo todos os dias. Lembro de ti em todos os momentos que importam – e os que não importam também. És minha companhia favorita pra todas as coisas, até indiadas no Cassino se tornam divertidas contigo. Sabes me desarmar como ninguém, me irritas como ninguém – porque conheces tanto, tudo, e não posso deixar de ser eu mesma nunca. Eu te amo como sempre quis amar alguém, sem reservas. E tu me amas do jeito certo, do jeito dos meus devaneios leoninos, nem posso entender o que achas de tão interessante em mim.

Na carta que escrevi pra mim mesma falei sobre como tenho gostado mais de mim. E tu és responsável por muitas das mudanças que me melhoraram nos últimos anos. Eu quis ser alguém melhor, pra ti. Na verdade, acabei fazendo por mim... Nunca me pediste nada, mas eu quero te dar o mundo de presente. Quero cuidar de ti, estar perto de ti, te tirar dos meus sonhos e te abraçar.

Preciso dizer-te, xubizinho, o quanto eu te quero. Mas não consigo. Não consigo ordenar meus pensamentos, porque isso não é racional. Isso, todas as coisas que eu sinto, não pode ser compartimentado em pequenas palavras, meras representações. O que eu sinto vibra, pulsa em cores bonitas, soa como músicas francesas e aparece em fotografias mal enquadradas. Todo o tempo do mundo não seria suficiente pra que eu te desse a entender meu amor. E já temos tão pouco tempo, não é?

Não sei mais o que escrever, a não ser que eu te amo. E nunca poderia precisar as nuances desse amor, o amor mais perfeito que eu poderia sentir. Só posso falar que espero pelos dias da nossa vida de casados. Só pra saber como é não te ver ir embora...

Algumas pessoas podem me achar dependente de mais, mas eu sei que isso não é doentio. É o mais saudável que já tive, sabes. Por isso, amado, eu sei: triunfaremos na nossa vida. Não quero mais saber dos dias sem ti... Porque, mesmo longe, sei que existes. Sei que tem alguém que gosta de mim assim, do jeito mais perfeito que eu jamais poderia ganhar. Alguém que se preocupa, se importa, aprende o nome dos jogadores do Grêmio por minha causa. Me apóias nas coisas mais difíceis, xu. Tu me dás tudo de que eu preciso.

Contanto que estejamos juntos, as coisas vão sempre ser boas. Contanto que continuemos progredindo, porque cada vinda tua nos deixa melhores.

Aiai... Não sei mais o que escrever. Espero que não tenha ficado muito tosco.

Enfim, só pra dizer Feliz Dia dos Namorados... E até daqui mais ou menos duas semanas!

Te amo bem mais do que todas as coisas que compõem o mundo.

Muitos beijos...

Da tua

Xubizinha


2 Moedas no Cofrinho:

  1. Heitor "Pimenta" disse...
     

    Óun, minha linda...

    Minha cara ao ler e ouvir tuas declações deve ter ficado engraçada.. Cara de bobo apaixonado..

    Tu sempre me deixas feliz e te ver falando diretamente pra mim me fez sentir um pouquinho mais próximo..

    Eu não saberia (nem teria habilidade) pra escrever tudo que eu sinto, todo o amor que tenho por ti, o quanto que tu me fazes falta.. Enfim.. A gente tem consciência do tamanho do amor que um sente pelo outro.. E é isso que torna a nossa relação tão forte e verdadeira..

    Só queria dizer que eu te amo muuuito. Te amo mais do que tudo no mundo. Te amo mais do que poderia imaginar amar alguém...

    Xubs, TE AMOOOOOOOOOOOO!!!!!!!

    Logo logo a gente vai estar juntinhos novamente e vamos passar momentos maravilhosos..

    Só mais uma vez... TE AMO MUITO INFINITO, minha Xubizinha!!!!!!!!!!!!!

    Feliz dia dos namorados!!!

    :***************************

  2. Frau Dias disse...
     

    eu entendo... é bom poder estar todo dia juntos...

    beijo... felicidades pra vocês ;)

Postar um comentário