Com Agulhas

Eu gosto de escrever, de inventar uns diálogos loucos em jantares imaginários. Eu gosto de roupas, invento uns modelos e luto pra dar as luzes, partos difíceis esses, idéias. Gosto de comprar roupas e sapatos, futilidades não, estilo próprio; não sou uma fashion victim - a vida é demasiado curta pra rótulos e embalagens estragadas. Eu gosto de café, de canecas e de planos de casamento. Gosto de mim, contudo e com tudo.

Com Canetas

Eu tenho um dois à esquerda na idade, mas não acho que sou tão velha. Chamo minha gata de nenê e dou apelidos adoráveis ao meu namorado. Eu tricoto porque me acalma, produzindo, me agradam as cores das lãs. Eu amo porque não vivo no gris, amor vivo, amo pessoas e filmes e livros e bichos. Eu tenho o Heitor, já me basta de tanto amor. Eu adoro a língua francesa, adoro as idéias parisienses e as boinas e os cafés.

Mon cheveu n'est pas roux...

Mas se parece com o cabelo dela. E eu gosto de ouvi-la cantar, de vê-la tocar meu instrumento favorito e de me lembrar de mim mesma, especialmente em vídeos ao vivo. Essa música que eu vou postar aqui é muito bonita. Tão bonita que me faz ter vontade de cortar os cabelos do Heitor e de virar ruiva.

Vou me controlar e postar só um vídeo, mas ao longo dos dias vou deixá-la cantar por aqui um pouco mais.


You are my sweetest downfall
I loved you first
Beneath the sheets of paper lies my truth
I have to go
Your hair was long when we first met

Samson went back to bed
Not much hair left on his head
Eat a slice of wonder bread and
Went right back to bed
And the history books forgot about us
And the bible didn't mention us
Not even once

You are my sweetest downfall
I loved you first
Beneath the stars came falling on our heads
But they're just old light
Your hair was long when we first met

Samson came to my bed
Told me that my hair was red
Told me I was beautiful and
Came into my bed
Oh I cut his hair myself one night
A pair of dull scissors in the yellow light
And he told me that I'd done alright
And kissed me till the morning light

Samson went back to bed
Not much hair left on his head
Eat a slice of wonder bread and
Went right back to bed
Oh we couldn't bring the columns down
Yeah we couldn't destroy a single one
And the history books forgot about us
And the bible didn't mention us
Not even once

You are my sweetest downfall
I loved you first




4 Moedas no Cofrinho:

  1. Ingridesigner disse...
      Este comentário foi removido pelo autor.
  2. Moisés Corrêa disse...
     

    Hahahahha ^^
    Gostei do sonho...

    Parece que voces pularam juntas :D

  3. Ingridesigner disse...
     

    http://aboutbuzzcases.blogspot.com/

    To divulgando o blog de um amigo meu.

    Comenta láaaaaaa.

    Bjos.

  4. Ingridesigner disse...
     

    Sonhei com você hoje.
    Nós duas encontravamos-nos na rua, e estava chovendo. Eu tinha um cachorro comigo. Estávamos vestidas com pijamas curtíssimos.
    Dai resolvemos pular uma valeta. Mas A VALETA! Claro, a gente pulou e caiu de bunda no barro.
    Dai tu falou, é, pois é, fazia tempo que eu não pulava essa valeta!

    Bem... talvez eu tenha problemas.
    hehehehehehehe

    Ha, bem-vinda ao grupo dos poucos e bons.

    Abraços.

Postar um comentário