Com Agulhas

Eu gosto de escrever, de inventar uns diálogos loucos em jantares imaginários. Eu gosto de roupas, invento uns modelos e luto pra dar as luzes, partos difíceis esses, idéias. Gosto de comprar roupas e sapatos, futilidades não, estilo próprio; não sou uma fashion victim - a vida é demasiado curta pra rótulos e embalagens estragadas. Eu gosto de café, de canecas e de planos de casamento. Gosto de mim, contudo e com tudo.

Com Canetas

Eu tenho um dois à esquerda na idade, mas não acho que sou tão velha. Chamo minha gata de nenê e dou apelidos adoráveis ao meu namorado. Eu tricoto porque me acalma, produzindo, me agradam as cores das lãs. Eu amo porque não vivo no gris, amor vivo, amo pessoas e filmes e livros e bichos. Eu tenho o Heitor, já me basta de tanto amor. Eu adoro a língua francesa, adoro as idéias parisienses e as boinas e os cafés.

La Fête du Moisés

E o Heitor chegou, finalmente, ontem. Estou tão feliz quanto poderia sonhar. Hoje à noite fondues.


Mas não posso deixar de falar sobre o dia perfeito que foi o aniversário do meu melhor amigo, na quinta. Muito legal é apelido, gosto muito da companhia dele e quero que ele seja muito feliz. Dei a ele uma manta muito grossa que teci. Passamos a tardinha a falar bobagens, comer os puxa-puxas da irmã pequena dele e a esperar pelos amigos.

Uma das amigas, minha favorita entre todas, é a Cris. Preciso escrever um bom texto pra ela, pra reafirmar a minha alegria em tê-la de volta na minha vida e tirar algumas inseguranças da cabeça dela eu não tenho problemas em falar do Heitor pra ti, nós só não nos sentamos pra fazer isso ainda, mas vou esperar a inspiração chegar. Enfim, ela chegou e comeu um puxa-puxa fálico.

Depois veio o Everton, com ele seus monólogos... Ele é cansativo, mas gosto muito dele. É uma ótima pessoa, e bem engraçado pra um pirata.

Depois tomamos cappuccinos no Café.com, eu tricotei (teve o episódio das batatas e da falta de noção do aniversariante), o Klaus e o Everton foram gays e o lugar é legalzinho.

Carona com a mamãe do Moisés até a Pizza.com (foi um dia muito conectado) e nós comemos pizzas – a Ingrid também, mas ela foi quem menos engordou!!! A Karen e o Thiago chegaram, depois o Pablo. Atendentes mal-educados, pizza mais ou menos... Mas foi tudo muito divertido.

Carona a pé até a parada de ônibus da Cris, volta até a minha casa.

Finalmente o silêncio do arrumar de malas, da expectativa pelo reencontro com o meu digníssimo e do tricotar das amizades.

Quero vê-los sempre, meus amigos queridos. Sempre, e mais, e muitas bobagens.

8 Moedas no Cofrinho:

  1. Moisés Corrêa disse...
     

    Iarima, Iarima...

    Quem diria... Tantos anos, separações e "juntações". Estou feliz por passar mais um aniversario junto contigo.

    E mais amigos do que nunca!! :D

  2. Conde Vlad Tepish disse...
     

    Saudações belíssima Iarimá, perdoe a curiosidade deste velho vampiro, mas a srta. teria ascendência romena? Seu nome Redu, me parece ser um nome romeno ou húngaro... Enfim, morei na Transilvânia por séculos, digo, anos, até os comunistas desapropriarem meu castelo para transformá-lo em ginásio de treinamento para a Nadia Comanecci... Aí, emigrei para cá, a terra de Banânia, vulgo Brasil para os crentes, enfim, sua amiga Cris é belíssima também, e seus amigos são todos simpáticos... E seu namorado tem muita sorte e bom-gosto... E eu espero ansioso vossas próximas palavras alinhavradas, pensamentos arrematados e frases tecidas!
    Abraços e bôua-noite! Voei!

  3. Moisés Corrêa disse...
     

    Quem eh esse cara????

  4. Conde Vlad Tepish disse...
     

    Um simples nosferatu de Bragança-Paulista que aprecia pessoas simpáticas e interessantes, como o Sr. Moisés e miss Iarimá... Aliás, o fotolog dela é fantástico, gostei muito das photos, e se eu encomendar um 'poncho' (acho que é assim que se diz...) ela mandaria para mim? É bom ter uma amiga que é tecelã, impossível passar frio... Você tira photos muito bem Iarimá e você também joga RPG com o Moisés e a Dra. Andersen? E qual personagem seria o seu? Seu namorado chama-se Heitor não é? Então você namora um dos Príncipes de Tróia hein... Ou seria o seu Heitor dos Prazeres? Desculpe o excesso de intimidade, nós vampiros somos muito solitários e quando conhecemos humanos bacanas nos empolgamos, e eu também sou pisciano oque complica mais a situação... perdoe-me se fui indelicado... Aguardo vossos próximos escritos com curioso interesse e se você fizer uma manta para que este pobre vampiro fique mais aquecido ele agradeceria e pagaria bem, pode mandar pelo correio, saudações vampíricas...

  5. Conde Vlad Tepish disse...
     

    Você gosta de Françoise Hardy Iarimá!!! Mas que garota culta!!! Até que enfim um sinal de vida inteligente e bom-gosto na República Brasileira da Banânia!
    E o que você acha do George Brassens? E do Aznavour?
    Desculpe ser tão chato, mas quando vi que você é dona de um gosto musical tão apurado quase cai prá trás! Parabéns e au revoir!

  6. Cris Andersen disse...
     

    cada maluco que me aparece. repito.

    Mas bem... hum... meu puxa puxa fálico só me faz passar vergonha!!mas e daí? o segredo é saber se divertir, com coisas falicas ou sem coisas falicas. bem, de qualquer modo é melhor deixar as coisas falicas pra uma outra hora.

    E hum... ohum! sabes que eu também te gosto. E sabes, ainda acho que temos o que conversar. Muito, aliás.

    E que o senhor moises consiga mesmo ser feliz, ele merece. E que ano que vem possamos repetir a dose (mas com um pizza melhorzinha e atendentes mais educados).

    Cuide-se.
    Aproveite o Heitor (sem poupar as coisas fálicas) e nos vemos.
    Beijos

  7. Ingridesigner disse...
     

    heheheheheheheh. Coisa boa. Amigos, conversas, reencontros, felicidade.
    Tudo isso em conjunto, bem aconchegante e quentinho, como uma manta de inverno!

    Bjosssssss

  8. Moisés Corrêa disse...
     

    Iarimááááá!

    AYeyageyAGEaheuaEHuAHEuEA

    Puxa vida!!

    E como esta com o Heitor? hu hu hu

Postar um comentário