Com Agulhas

Eu gosto de escrever, de inventar uns diálogos loucos em jantares imaginários. Eu gosto de roupas, invento uns modelos e luto pra dar as luzes, partos difíceis esses, idéias. Gosto de comprar roupas e sapatos, futilidades não, estilo próprio; não sou uma fashion victim - a vida é demasiado curta pra rótulos e embalagens estragadas. Eu gosto de café, de canecas e de planos de casamento. Gosto de mim, contudo e com tudo.

Com Canetas

Eu tenho um dois à esquerda na idade, mas não acho que sou tão velha. Chamo minha gata de nenê e dou apelidos adoráveis ao meu namorado. Eu tricoto porque me acalma, produzindo, me agradam as cores das lãs. Eu amo porque não vivo no gris, amor vivo, amo pessoas e filmes e livros e bichos. Eu tenho o Heitor, já me basta de tanto amor. Eu adoro a língua francesa, adoro as idéias parisienses e as boinas e os cafés.

Coração Apertado

Apesar de ter feito compras na farmácia, apesar de um passeio pelo verde, apesar da companhia – futuramente rara – do meu melhor amigo, apesar da uma hora de sono entre preocupações e pesadelos, apesar da carteirinha, apesar da receita, apesar do peso de carregar uma criatura tão amada...

Hoje eu estou doente, embora o antibiótico não seja para mim.

Hoje eu estou triste, mesmo que não saiba exatamente o que os próximos dois dias nos reservam.

Morro de medo, morro de medo.

E me permiti chorar apenas agora, choro seco, preciso cuidar de alguém que precisa de mim.

14 Moedas no Cofrinho:

  1. Aline Dias disse...
     

    sabes que dividimos o mesmo medo e torço por ti, espero que de tudo certo. e esse pesinho, nós carregamos com carinho, pois são parte da nossa vida.

    ;@

  2. Lauro I. Quadrado disse...
     

    Não sei o que falar, pois não sei o que passa. Mas quero que fiques bem.

    Estou voltando aos pouquinhos pra cá. ;)

    p.s.: não sei por qual motivo, mas nao consigo adicionar teu blog para a minha lista de favoritos, só dá o endereço do teu flog falecido, e isso eu colando direto o end do blog... quem entende...

  3. Guilherme Corrêa disse...
     

    Também só posso desejar-te forças pra enfrentar os medos e carregar pesinhos, pesos e pesões. Beijos. Cuidem-se! ;)

  4. Moisés Corrêa disse...
     

    :(

    Estou sofrendo contigo

  5. Conde Vlad Drakuléa disse...
     

    De repente o tempo muda, e as tempestades insistem em cair... Mas elas também levam embora todos os miasmas e más energias, então é bom que caiam logo de uma vez, para que o sol volte a brilhar com toda a força... Permita-me enxugar suas lágrimas e te dizer que não deves temer, tens verdadeiros amigos e amigas ao teu lado, não tenhas receio de abraçá-los e caminhar ao lado deles, eles estão aqui para isso! Não sei o que temes, mas vibro por ti, te imagino em um bosque perfumado, envolta em flores e protegida por escudos indestrutíveis de ternura e amor! chorar faz bem, é a tempestade interna, que nos lava por dentro, portanto erga-se, levante a cabeça, e com serenidade e coragem lembre-se que não estás sozinha, jamais estarás, Heitor, eu, Aline, Lauro, Moisés, Cris, Ingrid, e todos os outros que te amam também sempre pensamos em ti com carinho e consideração! Beijo e abraço apertado do amigo que te admira muito, Luiz. Ânimo, para o alto e avante!

  6. INGRID SCHERDIEN disse...
     

    No início, alguns pesos parecem absurdamente impossíveis de serem carregados.
    Depois, eles se tornam leves, lindos e alegres.

    Deixe o medo te invader por um segundo. Depois, mande ele embora para sempre.

  7. Cláudia I. Vetter disse...
     

    Querida, posso desejar-te apenas que possas abrir teu coração para que o que te pesa não te fira; e não doa posteriormente sem saber por quê. Nas vezes em que o tempo não colabora com a mente e o espaço, a virtuosidade de ser paciente é regar com calma a matéria do bem-querer, e deseja quem se quer de forma diferente, pois a consciência de amar-se é muito mais forte que uma presença. e se sente, muito além do que um cenário posso se definir.
    E eu sei, que quem tanto te quer, jamais quererá-te-á com o coração apertado; não há coração que resista - e há o que cuidar!

    Estejas na paz de teus olhos tão lindos.

    ;*******

    Fique bem.

  8. Beta! disse...
     

    :(

    Estou sofrendo contigo
    [2]

  9. Victor Albaini disse...
     

    Arre. . . É aqui que comenta. Tá escondido, sinto muito. Tava achando estranho tu não quereres participação da platéia :P


    Eu também to doente. Chorar, não choro faz uma semana.

  10. Cogumela =) disse...
     

    Hey... com o tempo tudo se resolve da melhor forma!

    beijo, Iarima

    -cogu-

  11. Conde Vlad Drakuléa disse...
     

    "Estejas na paz de teus olhos tão lindos"!!! Faço minhas também, as ternas palavras da doce Cláudia! Espero que estejas melhor hoje Iaiá!

  12. Cris Andersen disse...
     

    definitivamente eu não sou a melhor pessoa pra te ajudar a carregar esse peso. Sabes bem a falta de esperança que estou quanto a esses assuntos.

  13. moloko_velocet disse...
     

    bah... melhoras pra ti guria! eu sofro mto da sinusite e pior que tenho que estudar e ir ate altas horas da noite trabalhando... mas tudo passa nessa vida!!

    blog adicionado aos meus favoritos.

    beijos

  14. Moisés Corrêa disse...
     

    nhem, pessoas completamente fora de orbita do assunto...

    POSTEIA!

Postar um comentário